3 Formas Simples de Ganhar Renda Extra pela Internet

Foram-se os tempos onde a internet servia apenas como passa tempo. Atualmente ela já é abrigo de diversas negócios e empreendedores digitais sendo responsável por dar inúmeras oportunidades de renda extra para pessoas de todo o mundo.

 

Se antes a internet era um local para jogar, ler algumas poucas notícias e receber piadas por e-mail, hoje em dia é um centralizador de oportunidades dos mais diversos modelos e segmentos.

 

É isso que fez da internet o que ela é hoje para o mundo dos negócios: o espaço que ela oferece para todos, com raras barreiras.

 

Poderíamos passar dias citando as vantagens da internet, muitas delas você provavelmente já conseguiu observar também.

 

Entre as mais marcantes estão as possibilidades de encontrar o teu público com mais facilidade, a alta segmentação, a rapidez e facilidade com que as informações são propagadas e os custos benefícios interessantes para quem investe em negócios online.

 

Já são vários os que conseguem montar seu negócio na internet ou usam ela para descolar uma renda extra.

 

Mas como exatamente conseguir ganhar dinheiro pela internet?

 

Cada caso é um caso, não há nada 100% certo, assim como no mundo dos negócios offline, mas há algumas formas de produzir frutos online.

 

Ganhar dinheiro dormindo é possível sim, mas só depois de muito trabalho, estudo e dedicação, pois mesmo trabalhando na internet o esforço deve existir para que tenha resultados.

 

Para facilitar separamos alguns modelos interessantes para gerar renda extra.

 

 

3 Formas de ganhar renda extra na internet

 

1 –  Afiliados de produtos digitais ou físicos

 

 

Já ouviu falar de marketing de afiliados? Se você está por dentro do mundo digital provavelmente já esbarrou com o termo, mas se ainda não ouviu não se desespere, é bem simples de entender!

 

Falar em “marketing” pode assustar um pouco aqueles que não tem formação na área por acharem que precisarão desempenhar funções de um profissional. O marketing de afiliados é uma forma de marketing sim, mas pode ser desempenhada por leigos da área.

 

Para compreender melhor o marketing de afiliados vamos tentar compreender primeiro quem é quem neste modelo:

 

Afiliados: seria você ou qualquer um que tenha um blog, rede social ou uma lista de email recheada para divulgar um produto e vender.

Empresas e Produtores de conteúdo: São os que oferecem o produto ou serviço que será divulgado.

Programa de afiliados: É a plataforma responsável por intermediar o contato e as ações entre afiliado e anunciante. É através dela que os anunciantes são encontrados e as comissões são pagas.

 

Ok, agora podemos explicar como o programa de afiliados funciona: é basicamente apenas se cadastrar na plataforma, procurar pelos anunciantes disponíveis e divulgá-los em seu site, rede social ou por e-mail marketing.

 

As vendas que forem feitas a partir do link divulgado serão comissionadas e o dinheiro pode ser recolhido na plataforma.

 

A melhor parte é que para ser afiliado não é necessário nenhum investimento inicial. Na verdade o único detalhe que deve ser bem trabalhado é a divulgação do produto do anunciante escolhido. E se não der certo tudo bem, nada se perde.

 

O afiliado pode trabalhar de casa e ganhar uma renda extra e, não precisa se preocupar com horas fixas trabalhadas.

 

O retorno depende exclusivamente dos esforços colocados na divulgação e em acertar na escolha de um produto que seja de interesse do público. Não há vínculo obrigatório nenhum entre afiliado e anunciante, é uma troca.

 

É negócio para afiliado, plataforma e anunciante, ninguém sai perdendo! O afiliado pode ganhar renda extra, o anunciante tem seu produto divulgado em troca de uma comissão mais interessante, já que provavelmente gastaria o triplo em divulgação sola e a plataforma ganha com o fluxo de usuários.

 

São exemplos de plataforma de programa de afiliados a Hotmart (provavelmente a mais conhecida do ramo) onde a comissão é ganhada sobre as vendas, a Lomadee que oferece ganhos por clique e por produtos vendidos, a Eduzz onde as comissões às vezes chegam em até 90% e a Monetizze que possui uma interface simples e intuitiva com diversos produtos e comissões variadas. Além destas existem centenas de outras como a Jivochat e a Awin.

 

 

2 – Freelancer

 

Se você já tem alguma especialização ou é bom em algum ramo pode tentar a vida como freelancer. A internet fez com que esta profissão se popularizasse, especialmente por conta das plataformas dedicadas unicamente para a troca de interação entre clientes e freelancers e pela quebra da necessidade de presença física com as ferramentas proporcionadas pela web.

 

Com um freelancer você poderá trabalhar por conta própria, sem prestar contas de volume de trabalho e horas trabalhadas para um terceiro.  O serviço é como o de um prestador de serviços que é encomendado por uma determinada empresa ou pessoa para realizar um trabalho.

 

Os trabalhos variam muito de acordo com profissão e demanda, podem ser realizados em poucas horas ou podem se estender por meses, depende do acordo entre freelancer e contratante.

 

É aí que mora a vantagem e o desafio: tudo depende de você. Os trabalhos dificilmente cairão do céu, é preciso reunir esforços para ir atrás de clientela e de mais empenho ainda para entregar trabalhos de qualidade e dentro do prazo.

 

Por outro lado, as partes boas também são enormes. É você quem ditará o tempo que quer trabalhar e quanto pretende ganhar.

 

Alguns trabalham em tempo integral, mas os serviços de freelancer podem ser realizados em paralelo com algum outro trabalho fixo, servindo como uma fonte de renda extra pela internet. A não ser que seu trabalho exija presença física ou saídas em campo, as atividades podem todas ser feitas de casa, apenas com um computador e acesso a web.

 

Entretanto é importante não confundir esta liberdade toda como uma forma de ganhar dinheiro fácil sem esforço.

 

O freelancer não tem suporte de empresa alguma, receber trabalhos é algo que depende apenas do profissional, logo é necessário que os materiais entregues possuam qualidade o suficiente para ir montando networking, receber reviews positivas e ter o nome divulgado.

 

Profissionais de comunicação, design e TI costumam ser os mais requisitados, principalmente porque estas profissões já tem maior afinidade com a web, mas se seu trabalho é outro ainda assim é válido divulgar e buscar por clientela.

 

Uma boa estratégia para começar a trabalhar como freelancer é divulgar seu perfil em plataformas da área com o 99freelas e o Workana, construir uma página nas redes sociais ou participar de grupos do segmento. Depois disso é só começar a caçar a clientela e se preparar para realizar trabalhos de qualidade para várias empresas de diversos ramos, sem precisar se prender.

 

 

3 – Gerar renda criando conteúdos e cursos onlines

 

 

É na internet que a maior parte da população busca material para aprender e se informar. Os comportamentos de compra e venda mudaram, assim como os de pesquisa e informação. Antes os jornais serviam para servir notícias, as escolas para aprender e as lojas físicas para vender.

 

Atualmente as coisas não funcionem mais desta maneira, mas com a ascensão da internet é comum que, no lugar de se deslocar de um lugar para outro, muitos prefiram fazer tudo que podem na frente do computador, sem precisar sair de casa.

 

Onde estamos querendo chegar com isso? Ora, se existem pessoas buscando por tanto conteúdo é preciso que tenha alguém fornecendo este conteúdo, certo?!

 

É cada vez mais comuns encontrar textos especializados ou cursos de tudo que se pode imaginar disponíveis online.

 

E é possível conseguir uma renda extra na internet assim! É certo que grande parte deste material é escrito e é necessário algumas técnicas de redação para conseguir captar o interesse do público, mas se você possui conhecimento em alguma área relevante e pode ensinar um pouco dela para quem está disposto a aprender é válido contratar os serviços de um redator para disponibilizar o material.

 

Há também opções de idealizar cursos por vídeo, as videoaulas já são uma realidade que deu super certo e só tende a aumentar, já é parte do cotidiano inclusive de escolas e universidades.

 

Você pode estar pensando agora “mas eu não tenho nada para oferecer”. Pense novamente! Não precisa ser um gênio da informática para ter sucesso fazendo um  curso online. Um dos grandes pontos positivos da internet é que tem público pra tudo!

 

A web é como uma grande representação da vida real, onde os interesses em comum conseguem ser melhor mapeados pois ficam gravados na rede. As pessoas gostam de aprender, especialmente quando não precisam fazer muito esforço para tal.

 

Considere que se, por exemplo, em duas ou três horas você consegue ensinar técnicas simples de bordado, em duas ou três horas quem encomendar seu curso adquirirá um novo conhecimento que pode ser levado para a vida.

 

Um dos exemplos de curso online é o Início Avançado Digital, onde oferecem conhecimento sobre maneiras de trabalhar em casa (inclusive é válido conferir o material para encontrar mais algumas formas de ganhar renda extra pela internet). Conhecimento bom é conhecimento compartilhado, que te traz renda extra e ainda pode ser responsável por mudar a vida de algumas pessoas.

 

 

Concluindo…

 

Além dos três citados ainda é possível buscar por outras saídas como produzindo vídeos para o YouTube e monetizando o material, vender algum produto através do Facebook ou de e-commerces e outros.

 

A internet veio para ficar, não dá mais para imaginar a vida completamente desconectada, não é mesmo?!

 

Não sabemos quais são as redes que vão surgir ou as tendências que irão mudar, mas sabemos que o mundo virtual é consistente o suficiente para permanecer nesta posição de destaque. As várias oportunidades disponibilizadas pela web pode e devem ser aproveitadas.

 

Pra que acessar a internet apenas para rir de algumas piadas e trocar conversas se você pode explorá-la um pouco mais a fundo e completar sua renda com serviços feitos sem sair da frente do computador? É uma oportunidade imensa e relativamente simples.

 

Reconhecendo que toda forma de trabalho exige esforço e indo atrás das possibilidades é possível ter uma renda extra trabalhando com algo interessante e super atual.

 

A melhor parte é que o trabalho na internet oferece muita liberdade e pouco investimento. Tudo depende apenas de você. O esforço deve ser dobrado para quem quer ter sucesso, sim, mas o trabalho pode ser feito de um ambiente que melhor lhe serve, nos horários que são melhores para você e geralmente sem necessidade de altos investimentos iniciais. Vale a pena conhecer melhor esse mundo para ganhar dinheiro extra.

1 thought on “3 Formas Simples de Ganhar Renda Extra pela Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.